Ouvindo a palavra, pegou o tema

Contemplação.

 

Como alguém parado, no templo,

Em meditação.

 

Respirou o vento,

Aproveitou o momento

Considerando o Bem e o Mal

Em cada sentimento.

 

Sentiu emoção;

Emocionado, sem saber o que fazer,

Depois de um tempo calado,

Disse apenas

Obrigado!

 

Quando chega a guerra,

Estranha o sangue que jaz

Na terra

E lembra da Paz.

 

Quando vem a paz,

Desconfia, inveja,

Almeja, deseja mais,

Intriga, atiça,

Pratica injustiça,

Incomoda, acerta, erra,

Provoca a guerra.

 

Contempla o corpo –

O bonito, o desajeitado,

Revestido ou depilado,

Natural ou tatuado.

Chega mais perto,

Olha toda parte, cada canto

E depara

Com o templo do Espírito Santo.

 

Ainda em contemplação,

Sente um tremor, ouve um trovão;

Será terremoto?

Pelo sim, pelo não,

Recorre a Deus,

Pede perdão.

 

José Maria